2/06/2008

Não há mais festa, nem carnaval, acho que fui enganada

Começo este post com uma perguntinha: você sabe quando a gente percebe que a crise está mais perto do que nunca? Respondo: quando as casas de praia ao lado da sua não recebem seus respectivos donos. Eles alugam-nas. Alugam nos feriados, não para viajarem para lugares melhores, mas para arrecadar um troco -e que troco! Do lado direito de minha casa, alugou-se para uma família francesa. Tudo muito quieto, muito disciplinado. Mas foi do lado esqueerdo que o bicho pegou. Um amontoado de gente na mesma casa. Eles estavam em mais ou menos 25 homens entre 30 e 35 anos. Ficavam o dia inteiro com o som ligado nas alturas. O mais impressionante é que o som era bom. Ouviam White Stripes, Franz Ferdinand, Led Zeppelin, Deep Purple, Strokes, Cake, Stones, The Who, Velvet Underground, Ramones e muita, mas muita música eletrônica. Está certo que tinha um Jorge Ben -sem o jor, por favor, já que esse numerólogo que mapeou o nome dele o deixou meio engessado, mas eles ouviam Ultraje a Rigor de montão e muito, mas muito Camisa de Vênus. Que delícia. O Ultraje do Roger e o Camisa do Marcelo Nova sempre foram meus preferidos. Ouvindo Camisa e Ultraje, me pegava cantando -muito mal por sinal, várias vezes. Eles ficavam até 4 da matina com o som ligado. Aí todos iam dormir e reinava o silêncio para recomeçarem na manhã seguinte. A família francesa reclamou no primeiro dia, depois entrou no clima bananeiro também. Na noite de domingo o som da casa ao lado confundia-se com a batida ao longe de FatBoy Slim, mas tudo bem, tudo era... Carnaval? Acho que fui enganada. Liguei para os proprietários das casas, que são meus amigos. Os dois, o da esquerda e o da direita, disseram que precisavam de uma grana e alugaram. Pelos valores mencionados me deu uma vontadezinha de alugar também. Só fico meio cismada, imaginando aquele bando de marmanjo enfiado em minha casa. Difícil. Por isso eu sempre digo:"Me diga as horas, que eu vou embora, hoje eu tô atrasada" e "Ôôô crianças, mas isso é só o fim, é só o fim".

3 comentários:

enio disse...

Vc é uma santa bem humorada, claro.

Marie Tourvel disse...

Não entendi esse negócio de santa bem humorada, Enio, querido. Desenhe. Ou eu sou muito sorvetona ou burra mesmo.

Anônimo disse...

Sim, provavelmente por isso e