3/16/2008

Esse dá pra presidente (2)

Depois da, segundo minha querida leitora Shi, catarse que tive com aquelas músicas que cometi em meu último post e a verificar a foto e a frase que substituiram o Schopenhauer, fiquei com a sensação de que tinha que publicar um texto sério, tratando de política, religião, filosofia. Mostrando que não sou esse ser raso que muitos pensam. Mas por enquanto não dá, não. Tive um sono muito tranqüilo para ter que expor meus pensamentos filosóficos neste espaço. Portanto, lanço mais um nome para presidente:

- Fernando Gabeira

Não se incomodem com o fato dele ter sido sequestrador de embaixador americano para barganhar a liberdade do Tinhoso. Além de termos guerrilheiros muito piores nos ministérios atuais, ele pelo menos regenerou-se daqueles pensamentos stalinistas malvados -tudo bem, às vezes tem recaídas de doer, mas nada que algo, baseado em outro algo, não o cure. Claro que vislumbro alguns problemas. Ele falará muito do maldito aquecimento global, nos obrigando a sair com nossos carros somente uma vez por semana e aumentando a alíquota do IPVA para doar uma parte para a SOS Mato de Dentro. Seremos um exército paz e amor com muita coisa na cabeça, baseado em suas plataformas. E teremos que usar as horrendas tangas de crochê para agradá-lo. Realizem, leitores amiguinhos, nós, de tanga de crochê, fumando um e pagando 30% do valor venal de nosso automóvel em IPVA. Será uma festa. Temos três vantagens aí. A primeira é que poderemos assistir às peças de Gerald Thomas sem medo de ser feliz, já que nunca mais iremos caretões para o evento. A segunda é que não haverá mais traficantes. As compras serão feitas com cartão corporativo, tudo legalizado. A terceira, é que ele não tem a menor chance de ganhar a eleição e isto será seu maior feito. Seu horário na TV imitará a mesma campanha feita em 1989, quando ele se candidatou e se estrumbicou -não lembram amiguinhos? vocês são muito jovenzinhos mesmo, tentarei reproduzir: imaginem uma voz de homem da selva dizendo em caixa alta: GABEIRA, PRESIDENTE DO BRASIL -um adendo, votei nele no primeiro turno, tá?. Adeus Fernandinho Beira-Mar, adeus Marcola. Seus dias estão contados. Estarão condenados a ler Dan Brown o resto de seus dias na cadeia, enquanto nós, seres honestos, trabalhadores, teremos cânhamo a vontade. Vice? Ia sugerir o Bob Marley, mas infelizmente o cara morreu. Posso sugerir a Bispa Soninha, já que está super na moda pleiteá-la como vice. Até o Kassab e o Alckmin a querem.

6 comentários:

Alexandre, The Great disse...

Nossa, Marie! Como vc está hard (rsrs).
Que ele dá, todos nós sabemos aqui no RJ. Mas achamos que "dá pra Prefeito" e não pra Presidente; pois já está em andamento a formação de uma chapa dele com o Dep Luiz Paulo (PSDB) "como" vice. Quer dizer, "na condição de" vice, pois eu não "como" nenhum dos dois (esta foi infame, reconheço...rsrs).

Será que vc tem alguma fonte que confirme isto?
Se tem, me conte, viu?

Beijos, querida!

Marie Tourvel disse...

Eu só acho que ele dá pra presidente, sim, Alex, querido. Sei que ele está formando chapas aí no meu querido Rio, mas li também, que ele vai procurar o Grande Mestre Lula para acertos eleitorais. Mas, fique sossegado, de tudo isso, corrupto eu posso afirmar com 90% de chance que ele não é. Portanto, sem chances dele ganhar, seja pra prefeito, seja pra presidente. Beijinhos

Shi disse...

Minina, eu sempre achei o cabra o maior doidão, um gabeira MESMO! Mas se vc chega aqui e disser: "eu voto nele!" eu vou lá e voto tbm! :-|
Bjo!

Marie Tourvel disse...

Olha, Shi, tenho um grande amigo que diz que o cara é honesto, sim. Como confio muito nesse amigo, votaria no Gabeira. Às vezes ele tem umas recaídas doidinhas, mas dá para encarar. Beijos.

Meg (sub Rosa) disse...

Marie, como você escreve bem.
Mas escreve bem pra dedéu!!!!!

Você, sim, é do super-balacobaco.
Beijos, querida

Marie Tourvel disse...

Escrevo bem, nada, Meg, querida. Eu devo enganar bem. Escrever bem é para pessoas feito a Megleen. Maravilhosa, por sinal. Beijo