3/03/2008

Não vejo luz no fim do túnel

Vêm cá, o vídeo é breguésimo, a música é fossa, mas não reclamem que é de graça. Temo que em breve será minha trilha sonora preferida para chorar, me descabelar e me acabar.

Ei, você aí do fundão, pare de gargalhar que é sério.

2 comentários:

Meglyn disse...

Ah! Marie...
eu entendo tanto isso, só sei que "se acabar" a gente não *se acaba*. Esteja certa de que outras dores virão. E melhores.
E, por mais estranho e doido que pareça, isso é *uma força* que estou dando pra você.
à minha maneira é claro.
Beijos solidários.

Marie Tourvel disse...

Obrigada pela força, Meglyn. Eu costumo maximizar meus problemas. Sofro sempre antecipadamente, mas sempre com bom humor. E tendo amigos como você, supero os problemas rapidinho. Beijos