4/03/2008

Décadence avec Élegance

Nunca um título de uma música serviu de alerta para tanta gente bananeira. Para políticos, para homens "delicados" como um trator, para comentaristas de blogue "gentis" que enchem nossos e-mails com xingamentos -quem não tem argumento, xinga, insulta. Completem com o que quiserem. Tenho certeza que irão achar bananeiros exemplares para que possamos aconselhá-los: décadence avec élegance... É o que eu sempre digo, mais élegance e menos décadence.


Lobão - Decadence Avec Elegance

10 comentários:

Rodrigo Rover disse...

Olá, conheci teu blog pelo comentário no Arrastão ("Ide Lee", bela sacada). Só uma observação: Lobão falava da decadência COM elegância. Essa canalha, se já a teve um dia, perdeu faz tempo...

Marie Tourvel disse...

Ei, Rodrigo, querido, tudo bom? Muito feliz em recebê-lo por aqui, viu? Também leio seus comentários na Jana. Lembrei da Sara Lee e não deu outra... Sei bem que o Lobão falava em decadência com elegância, e é o que eu peço a essa canalha, mas não tem jeito, não, viu? Continuaremos só com a decadência mesmo. Beijos e volte sempre.

Ulisses Adirt disse...

Bem... ninguém pode negar que está bem mais elegante que a história da galinha e da vaca. ;-)

Marie Tourvel disse...

Mas, Ulisses, querido, achei a história da galinha e da vaquinha tão bonitinha. Foi a forma carinhosa que consegui demonstrar todo meu apreço a mulheres tão edificantes para a história bananeira. Afinal, elas contam histórinhas bem menos bonitinhas pra nós. Nos tratam como jumentos, não é mesmo? Galinhas e vaquinhas são mais bacaninhas... Beijos

sôdoida disse...

Duvido que esse povo consiga juntar uma coisa à outra. A elegância, portanto, sobra pro resto do povo (nem sei se me incluo aí, de repente eu nem sei mas sou "delicada", e "gentil" kkkkkkk). Porque pra engolir um assustador número de sapos, manazinha, é preciso ser o máximo da elegância. Vôte, né? rs.
Bjão!

Alexandre, The Great disse...

Esta decadence do Lobão não existe por aqui; talvez em Paris.
O que vemos é uma Decadence avec dégradation; não é mesmo?

Brijos,

Marie Tourvel disse...

Minha querida, minha querida, você é das mais elegantes e espirituosas que passa por aqui. E eu já estava com saudades de seus comentários, viu? Vê se não some, menina. Beijos

Marie Tourvel disse...

Ei, Alex, queridinho da Marie. Senti sua falta, viu? Gostei da "dégradation". O espírito da coisa é esse mesmo... Beijinhos

Rover disse...

Agradeço a retribuição. Percebi q o chapinha não estava legal, peguei aquele São Tomé que já estava aberto, espero q não se importe...

btw: Ramones!

Marie Tourvel disse...

Meu querido Rover, mas o São Tomé é da melhor qualidade. Se estiver gelado, então... Beijinhos