4/06/2008

Planet Of The Apes

Num dia como hoje em que acordei e me deparei com a fada Sininho do lulismo escrevendo como... a fada Sininho do lulismo, com a manchete do UOL/Folha sobre o Plano A do PeTê para o terceiro mandato do Efelentífimo -imaginem o Plano B dessa gente, com a continuidade da ocupação da UnB de Brasília por bestas-feras aborrescentes, com a Carta Capital -tá bom, essa eu sei desde sexta, falando sobre a Telecom Italia e não espinafrando o Diogo Mainardi (Olha, Mino, essa notícia é nossa, dos reacionários, e ninguém tasca, vimos primeiro); a notícia mais relevante e que mais me entristeceu foi a morte do Charlton Heston, não o Ben-Hur, mas o comandante da nave do Planeta dos Macacos, Coronel George Taylor. Ele, como eu e mais meia dúzia no Bananão, era direitista reacionário, segundo os manuais de etiqueta da nossa esquerda festiva e raivosa. Mas antes de tudo, era o Coronel George Taylor, aquele que deu um "tapa" na macaca. Aeê, Charlton!

Completando o post:

11 comentários:

Rover disse...

Parece o Rob Halford, vocalista do Judas Priest: além de loiro, ambos também se amarram em tascar bitocas em seres mui peludos... Darling, I'm from SJCampos, a erma e inculta capital do vale do paraíba. Bah!

Marie Tourvel disse...

Pois é, Rodrigo, não é que parece mesmo? Bem lembrado, viu?
São José dos Campos. Conheço bem. Que beleza, hein? Erma nada. Sabia que se eu seguisse minha carreira de física -sim sou formada em física e engenharia mecânica, eu, fatalmente trabalharia por aí? Mas, depois de presenciar meu sorriso bizarro, acha mesmo que eu seria uma física ou engenheira séria? Bom, já sabe, quando vier visitar esta cidade suja aqui, me avise. Daremos boas risadas...

Alexandre, The Great disse...

Que pena... eu gostava do Charlton Herston. Agora com a sua morte me deu uma vontade danada de assistir todos estes sucessos.
E acho que é isso mesmo que vou fazer... agora!

Beijos e parabéns pela bela hoenagem.

sôdoida disse...

O Charlton povoou meus sonhos de menina, era meu herói preferido (hoje já tenho o Schwarznegger, né? :-P), um modelo de beleza, elegância, virilidade e tals. Mesmo com esse nomezinho infame que a mãe (será?? esse povo inventa nome a torto e a direito, de repente é nome artístico, algo que ele viu numa embalagem de cigarros, vai saber?) deu pra ele, que eu raramente conseguia pronunciar com a eficiência que meu galã merecia, mas tudo bem, eu relevei por tanto tempo, não é hoje que vou me revoltar, claro! Tudo isso só pra dizer que fiquei triste com a morte do gajo, sim, e do Ben-Hur, sim (pq o Planeta dos Macacos me metia medo, vôte! Tvz pq mexa com a minha consciência, de alguma forma obscurar...)!!!
Bom.
Um minuto de silêncio, talvez? Será que o juiz deixa? rs :-|
Bjo, Marieeeeee :-D

sôdoida disse...

Em tempo: a Chiquinha ali do ladinho, com seu casaco VERMELHO em cima de uma blusinha verde e amarela, foi o máximo!!! rs
Bjin!

Marie Tourvel disse...

Que beleza, hein, seu Alex? A essa hora estava assistindo aos filmes do Charlton, enquanto a escrava Isaura aqui tava tomando um monte de chibatadas do Rubens de Falco, né? E nem pra convidar. Que papelão, hein? Beijos, querido. Espero que tenha se divertido assistindo aos filmes.

Alexandre, The Great disse...

Como gostaria de ter uma companhia agora... rsrs

Marie Tourvel disse...

Olha, Shi, vou confessar uma coisa, o Charlton nunca povoou meu sonho de menina, embora ele no Planet tava com um corpão, viu? Quem povoava meu sonho de menina era o Paul Newmann. Sim, ele já estava velho quando eu era uma menina, mas meu pai fez o favor de me apresentar o filme Gata em Teto de Zinco Quente. Daí, fiquei apaixonada. Hoje, quem povoa meus sonhos de "menina" é o Antonio Banderas, o Brad Pitt, o Richard Gere -que por sinal, muito parecido com o maridón da Marie, viu? e um moço lindo que não vou dizer o nome, vou apelidá-lo "moço lindo". Ele sabe quem é. Sabia que você ia gostar da Chiquinha. Tive que substituir o Baudelaire de ontem por motivo de força maior. Chegou um monte de comentário e e-mail malcriado, que eu deletei, óbvio. Me xingaram tanto que quase começo a acreditar que sou tudo aquilo. Mas felizmente precebi que são só bobinhos a serviço de outros tolos. O Baudelaire vai voltar... Por enquanto vamos nos divertir com a Chiquinha. Beijos, querida

Marie Tourvel disse...

Se não se importar se eu dormir na hora de maior ação do Ben-Hur, já irei lhe fazer companhia. É que hoje eu tô cansadinha, viu? Um beijinho

Léo e só disse...

olá Marei.

Acho que o Heston ideal contra o ataque de três mandatos, seria o Heston do filme "Última Esperança sobre a Terra". HEHEHE.

Olha, se você morasse me SJC seríamos vizinhos de cidade! Taubaté fica a 35 km de distancia. Eu devo concordar em termos com o Rover.Às vezes parce que vivemos num ermo. Ms não e´todo o dia. hehe

abs

Marie Tourvel disse...

Ah, Leo, pensa que eu não sei que Taubaté é pertinho de SJC -olha, eu estou escrevendo de um lapitopi e não tenho a menor idéia de onde fica a interrogação. Já fui muito pra Maresias pela Tamoios, tentando fugir do trâsito, tá certo que sempre me estrumbiquei, mas...
Você encontrou o Heston ideal, Leo. É por aí mesmo.
Beijos, querido.