5/09/2008

Dumps

O texto de Alexandre Soares Silva no Wunderblogs e mais alguns outros textos de ex-wunders me provocaram uma melancolia desgraçada. Deve ter provocado melancolia em todos os leitores daquele condomínio. Talvez, não nos próprios wunders. Digo nos leitores, porque mesmo com toda piada interna que existia entre eles, até quando nós, da plebe, não entendíamos niente, ríamos. Éramos bobos? Talvez para os blogueiros, mas nós sabíamos que era algo engraçado, então ríamos. Eram textos tão bem elaborados pela maioria dos condôminos, que mesmo que não provocassem gargalhadas, provocavam, no mínimo, um sorriso de canto de boca. Eles eram tidos como de direita e foi uma delícia ler na ocasião do lançamento do livro -sim, eles lançaram um livro, uma entrevista com cada um deles e na do Ruy Goiaba ele dizer que não tinham dinheiro suficiente para serem de esquerda. Naturalmente tenho o livro da Editora Barracuda -sei lá se ainda vende na Livraria Cultura, mas vale a pena ler. É uma verdadeira delícia, um deleite. Só para constar, o prefácio era do Ivan Lessa. Precisa dizer mais alguma coisa? O fato é que tiveram um auge e foram decaindo de forma triste. Com a saída do Goiaba para o A Postos, aquilo foi decaindo, coincidentemente ou não. Só sei que aquela confraria não existirá mais em nenhum outro condomínio, nunca mais. Leio o A Postos -todos. É o melhor hoje. E se me perguntarem se com a entrada do FDR, Filthy, ASS e talvez outros wunders, o A Postos vai virar a velha confraria do Wunderblogs, digo um não bem redondo. Nem acho que essa é a idéia. Mas aquele ambiente não volta mais. E é nisso que eu digo que traz nos leitores uma melancolia dos diabos. Ouvi de um amigo que aquele era um espaço libertário. Exatamente isso. Dá uma idéia de que isso não nos pertence mais. Aqueles direitistas reacionários desgraçados desmontaram aquilo lá. Nem pediram licença para a plebe. À plebe, resta lê-los em outros condomínios ou mesmo em carreira solo -e dificilmente com piadas internas para não entendermos. E escrever textos mal escritos e desimportantes em blogues pobrezinhos como este aqui.
A todos os wunders ou ex-wunders, uma musiquinha em duas versões. Vocês merecem:

Jonh Coltrane - Every Time We Say Goodbye


Ella Fitzgerald - Every Time We Say Goodbye


Fun? Never more. The End

Adendo: O fofo do cabeleireiro consertou meu cabelo. Ficou mais ou menos igual ao que sempre foi. Mas esses dias que me passei por Kátia Flávia, tenho certeza, os danos serão irreversíveis. Eu, com meus dois neurônios, Manuel e Joaquim, sinto que fui afetada. O Manuel não quer saber de trabalhar, está preguiçoso e o Joaquim ainda está dormindo. Terei que exercitá-los um pouco. Só está difícil convencê-los. Vamos ver, vamos ver...

7 comentários:

QuincasB disse...

uhruh! marie, trane, ella, quelle joie de vivre!!!

Marie Tourvel disse...

Ei, Quincas, querido, tava com saudade, viu? Gostou? Bom, né? Não me canso de ouvir. Beijos

Rover disse...

Comentário semanal no "rolê dos blogs", Marie:
1) Já li muito o ASS, mas sempre me pareceu afetado demais. Inteligente, sagaz, mas com aquele ranço típico de gente q ele mesmo detestava: de arrotar superioridade da forma mais tosca - embora, creio, ele realmente se ache. Uaréver. Mas o texto não me deu melancolia: deu pena. Na boa?, ele caiu fora pq o blog estava abandonado: o último comentário foi postado a quase 02 meses! Blogs como o ASS são um brinquedinho: vc fica bravo pq não sabe jogar, depois vicia, depois encosta num canto e nem se lembra pq chegou a gostar. (aliás e a propósito: todos os blogs ali decaíram tremendamente, pelo menos os q cheguei a ler periodicamente).
2) Tenho um amigo q chamava esses "condomínios blogueiros" de "panela de barro", gente q critica as panelas da "cultura brasileira" apenas por não fazer parte delas - o famoso "quem desdenha quer comprar", saca? E vendo todos os Wunders rumarem pro A Postos, bem... não dá pra discordar totalmente disso, realmente. Pq não foram pra Folha? Pro Estadão? Pr'O Globo? TODOS estão indo pro mesmo lugar! Por "opção"? Por falta dela? Ou pq não são tudo aquilo? Well, fuck off, haha...
3) Gostas de Zep? Então imaginas de onde saiu esse "rover", né? Aliás, a música pode até ter uma inspiração de Coltrane, mas teve muito mais de Willie Dixon: processou-os por plágio e ganhou! Os créditos hoje são Page-Plant-Dixon.
4) O problema de vc comentar tudo no único dia possível é este: os comentários são longos e, quase sempre, prolixos. Beijos, querida.

Rover disse...

Aliás e a propósito: Kátia Flávia, godiva do Irajá escondida aí em Sampa? POLIÇA! Uh!

Marie Tourvel disse...

Quero muitos comentários prolixos, querido Rover. Senti muito sua falta, viu? Perguntei até pra Jana de você. Não some, tá? Bom, com relação ao Wunders, sei que o ASS é afetado e tal, mas no auge deles, até a afetação era bacana, entende? O FDR, por exemplo, foi pro A Postos, mas é um escritor de primeira. É roteirista do Motherns do GNT. Acho, sim, que pode ser panela de barro como diz, mas tinha gente boa , muito boa por lá. O Ruy é um que trabalha num grande jornal e continua firme e forte com seu blogue. O Garschagen abandonou o Vertigem, que era ótimo e seguiu carreira solo, acho que não quer mais saber de condomínio. Aliás, foi dele o melhor post em defesa da Jana -acho que por ser independente, até. Senti melancolia por ter saudade daquele auge, da época do lançamento do livro. Eu nem sonhava em ter blogue e nem comentava, morria de vergonha, mas devorava cada post daqueles confrades. Jamais os lerei da mesma forma no A Postos, entendeu? O único que leio da mesma maneira é o Ruy, porque esse nunca quis impor um ritmo wunder no A Postos. Ele é único, né? Mas, olha, quanto ao "Rover", já tinha me ligado, óbvio. Sei da história do Dixon com o Zeppelin, mas lá tem muito Trane também, né, não? Que saudade de você, viu? Sei que deve estar ocupadíssimo, mas vê se aparece. E não esqueça de dizer quando vem a Sampa. Como sabe, a Kátia Flávia, fica escondida com seu Exocet por aqui, né? Beijos e mais beijos, querido. (Isso sim é um "comentário post" de primeira)...

Rodrigo Rover disse...

Querida, esclareço, pois pareci até pedante (logo eu!): eu lia o blog sim, dele e de outros wunders. Eles tiveram um tempo legal, todos são talentosos - mesmo. Mas neste bananal, talento não é tudo, ainda mais pra manter um portal - e eles decaíram, em quantidade (de leitores) e qualidade (de posts). Agora, citar o Garschagen como contraponto ao meu ponto de vista é sacanagem: o cara é talentosíssimo, pô! Covardia. Beijo, buena notche (social club).

Marie Tourvel disse...

Não, querido, não pareceu pedante, não, viu? Você sempre acerta na mosca. Decaíram por culpa deles mesmos, não tenho dúvidas. O Garschagen não tenho o que dizer. Falar em talento ali é ser redundante, né? E acho até mais bacana a carreira solo, sabia? Dá impressão que dá uma liberdade maior, se é que me entende... Um beijinho e buena notche (social club) procê também.