7/27/2008

Velvet

Que eu gosto do Velvet Underground não é nenhum segredo. Está bem, eu adoro o Velvet. Mas a Megleen tascou um Lou Reed lá no subrosa muito bom, muito bom mesmo e eu a homenageio com outro por aqui. A música é boa e gostosa de ouvir. Num próximo Velvet prometo tascar I Heard Her Call My Name. Para a minha amiga Meg vai a Sweet Jane que é uma delícia:





Ai, amanhã é segunda. I don´t like Monday, definitively.

10 comentários:

Megleen disse...

Marrrrrrrrrí, Marrrrí avec l' e muet:-)
Querida, que lindo, que lindo , que lindo. Obrigada, Thx, Gracias.
Tu me ensina a fazê renda e eu não te ensino a namorar porque quem tem Monty Python não precisa disso, é professora.
Mas quero refinar meu gosto musical hohoho. Com você, mam'selle.
Mas adorei, Amo o Lou Reed e engraçado tenho o Velvet Underground cantando a mesma música ...dark side:-)

Segunda-feira não é meu prato favorito, mas estou saindo de casa para o hospytalium:-) Nada demais, só uns exames.
E vou com essa música na cabeça.
Obrigada pelo presente.
Então, essa segunda eu já ganhei.
Coloquei uma dos Kinks que eu gosto. No mesmo post.
Assim que eu voltar, te telefono, Mesmo.
Beijos, beijos, beijos.Merci, merci, Merci, Marie.

Ah! E Chuck Berry, Mas os que rolam são yummy, yummy!
Mas só vc é awesome!

Megleen disse...

Ah, sírama os irmãos e os Fenômenos. Mas esse M.J está optimo:-)
M.

Marie Tourvel disse...

Que bom que gostou, Megleen, querida. Meu Monty Python particular (hahahahaha) está em Londres. São amigos muito queridos. Seu gosto musical é altamente refinado. E Kinks? Ai, como gosto dos Kinks. Vai dar tudo certo em seus exames, viu? Tenho certeza disso. Gostou dos pedras, né?
E formidável é você, né, querida?
Um beijo e boa semana.

Marie Tourvel disse...

Ah, tirei o fenômeno, pois me deu uma saudade do ex afro-negão, viu? Ele era bom, né? E aí achei o De Niro dirigeindo esse Taxi tão inocente... Vou de taxi, ouvindo Billie Jean. Mais beijos, Megleen, querida.

Roger disse...

Marie, de um ponto de vista telúrico, quase babyconsuelamente ou até mesmo elbaramalhamente, o binômio Leôncio/Monday é uma constatação do equilíbrio universal: um não existiria entre o outro. De um ponto de vista tomzeano, são duas das esferas de Anaximandro de Mileto.

Um abraço.

Marie Tourvel disse...

Olha, Rover, querido, entendi tudo, tudo mesmo. Mas nada supera o ponto de vista gilbertogiliano, aquela coisa do eu, enquanto serumano maravilhoso, porém petralhista, poder levar chibatada do Leôncio, mas com aquela dignidade djvaniana. E com todo mundo caetaneando, óbvio, que ninguém é de ferro.
Fico tão feliz quando vem me visitar...
Beijos.

Philippe disse...

Marie! Kinks é bom hein, levo suas dicas a sério! E vejam só, a segunda está acabando... Outro Sunday morning está mais perto. Um beijo!

Marie Tourvel disse...

Kinks é uma delícia mesmo, Philippe, querido. Letra e música. Pode levar minhas dicas a sério. Quando não for a sério eu aviso, tá? ;) Que bom que já passou a segunda, assim posso pensar com mais tranquilidade no próximo Sunday Morning. Feliz por sua visita. Beijos!!!

Alexandre, The Great disse...

Olá, Marie!
É, vc tem razão. Mas eu gosto mesmo é do seu "velvet touch"... saudades.
Um beijo,

Marie Tourvel disse...

(*Marie com as faces rosadas*)

Ei, Alex, também estou com muita saudade, viu?

Beijos, querido.