8/13/2008

Suavidade? Tinha, mas acabou.

Nunca pensei que um dia fosse colocar por aqui uma música do filho fanho do Seu Sérgio. Todos sabem o que penso dele não só como serumano, mas como poeta e compositor também. Mas têm dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu mesmo. Eu estanquei de repente. Foi tudo ilusão passageira que a brisa primeira levou. A gente vai contra a corrente até não poder resistir. Na volta do barco é que sente o quanto deixou de cumprir. A gente faz força pro tempo parar, mas eis que chega a Roda Viva e carrega tudo pra lá. O tempo rodou num instante nas voltas do meu coração.




Recadinho irritante do dia: sou aborrecida para ser "assunto", já disse isso. E quem quiser se sentir mais inteligente do que já é, fuja de mim. É pura ilusão "conversar" com pessoas tão rasas para se sentir mais forte intelequitualmente. Sigam meu exemplo, parei definitivamente a partir de hoje com as drogas. Sparring, nunca mais.

7 comentários:

Rover disse...

Marie, Marie... li tanta coisa e pensei em tanto comentário, mas fiquei com 02 versos de 02 músicas de 02 bandas q adoro muito: be yourself is all that you can do. For those about to rock, we salute you. Ei, rimou! Beijo (eu sumo, mas volto)...

Rover disse...

btw, tks pela solidariedade. Fui apunhalado, mas já passou... bjos again.

Rose Marinho Prado disse...

Mas por que está na roda viva? Decerto que a roda viva é roda morta. Porque a vida não roda. O que roda é o planeta. Nós vamos em reta, repare os braços,...ã?
Longilínea vida. Roda é invenção.

Beijos

Marie Tourvel disse...

Ei, Rover querido, tudo bom com você? Primeiro quero saber se está bem mesmo. Que susto, querido. Agora fiquei apavorada. Por favor, mande notícias, viu? As frases casam bem né? A primeira é o Audioslave? A segunda eu sei que é o meu, o seu, o nosso AC/DC -que eu amo. Gosto do Audioslave, também... Eu sempre sinto saudades de você, meu amigo. Um grande beijo.

Marie Tourvel disse...

É verdade, querida, a gente anda em linha reta mesmo. Mas é que tem dias que a gente se sente como quem partiu ou... yada, yada, yada... Mas, concordo, roda é invenção. Beijos. :)

JúliaML disse...

o melhor é andar em espiral! ..porque circulos, são impossíveis de evitar, transformemo-los em espirais...

Marie Tourvel disse...

Ótimo, Júlia. Em espiral é bom, sim. Aliás, é como ando. E sempre me surpreendo. Um beijo e obrigada por ter aparecido por aqui. :)