10/11/2008

Drowsy



O poema é lindo. Mas eu podia ter escolhido forma melhor de presenteá-los. Mas é que eu gostei da brincadeira. Como estou com tempo de sobra -até demais, vou postando porcarias. Não o poema, mas essa voz feia e modorrenta que vos fala acima.

Adendo: fiz um com uma entonação menos pior. Para quem já ouviu, ouça novamente, pois está um pouco mais audível. (Marie envergonhada).

10 comentários:

Philippe disse...

Engano seu! Não tem forma melhor de nos mostrar um poema do que declamando. Gostei muito! Faça mais vezes! :)
Um beijo.

Marie Tourvel disse...

Eu adoro ouvir a declamação de um poema, Philippe, querido. Mas com essa minha voz de rinite pode ser que eu espante quem queira começar a gostar de Yeats. :)))
Que bom tê-lo por aqui, meu amigo.
Não esqueça de me levar na mala pra Dublin, tá? ;)
Beijos!!!

Sabesselá Quem disse...

Oi Marie,

Sonho é tudo. É o palco onde tudo é possível... bem ali, tão nosso.
Uma entrega sublime.


Beijos!
:)

Marie Tourvel disse...

Ei, sabesselá, ficou muito poética sua frase. Adorei. ;)

Beijos!!!

R. B. Canônico disse...

Realmente, Marie, preciso discordar de vc e concordar com os amigos de comentário.

Gostei bastante, tanto do poema como da declamação. Confesso que tenho uma certa (santa) inveja dos poetas... mas não há muito mais que um pobre quase-engenheiro possa fazer do que admirar!

Tenha uma ótima semana!

QuincasB disse...

repara como o w.b. parece o f.truffaut, bonjour marie

Marie Tourvel disse...

Você é um querido, Canônico, isso sim.
A pobre engenheira aqui também só fica lendo e admirando...
Boa semana pra você também e um grande beijo.

Marie Tourvel disse...

Reparei, sim, Quincas. E eu que adoro Yeats e amo Truffaut. A expressão de rapazes (ou homens) atormentados me fascina. Adoro um atormentado. ;)
Bonjour e espero vê-lo logo mais no Sunday Morning. :)
Bisous.

Janaína disse...

Escolha, entonação, voz _ tudo lindinho, exatamente como você. Quando tem outro? Um beijo.

Marie Tourvel disse...

Do jeito que estou hoje, Jana, querida, em estado de graça, recitarei outro em breve, muito breve. ;)
A vida não é linda? A vida não é bela? A vida não é doce? É, né? Uma beijoca pra minha amiga querida!