11/06/2008

Cheio de Paixão...

O ato de não escrever sobre o Obama. Sou rebelde porque o mundo quis assim.
Vai aí minha modesta homenagem ao maior superstar da última semana:



Deixa o presidente do mundo começar a mexer com subsídio agrícola, deixa. A lua-de-mel com ele vai acabar num instantinho. Os bananeiros trocarão até a letra da "magnífica" música que postei em homenagem ao "feito extraordinário", segundo o Efelentífimo. E ainda nofo previdente pediu o fim do embargo econômico à Cuba. Efê, antes que eu me esqueça, vai... te catar, te catar, te catar, te catar...

Adendo triste: acabou. Crise dos 7 anos. Agora, só para estudo, pesquisa avançada, feito uma enciclopédia, a Barsa, que antigamente vendiam de porta em porta. Adeus, Pelé dos blogueiros. Você, sim, foi o verdadeiro rei do mundo (ainda que do mundo blogueiro).

17 comentários:

Roger disse...

Eternamente sejam louvadas as sandálias Rider do Grande Mestre Guavaman!

Fernando Sampaio disse...

Marie, porque o povo acredita no Obama?
Marie, porque o mp3tube.net não está tocando mais?
Marie, como eu faço pra usar o divshare?
Marie, porque o céu é azul?
Marie, porque o Ruy Goiaba parou?
Marie, que tipo de ave é o Garibaldo?
Marie, porque você não está aqui?

Marie Tourvel disse...

(Marie ainda chorando muito)

Pois é, Roger. Todo mundo sabe que essa pocilga do "Letras" foi criada como uma homenagem ao melhor dos blogues. Jamais teve pretensão de nada. Sequer é digna, mas ainda assim uma homenagem.
Mas tudo que é bom acaba, né? O Pelé também acabou. Ainda existe coisa boa por aí, bem como coisas ruinzinhas. Eu me encaixo obviamente na segunda alternativa, mas continuo porque ainda não consegui parar de escrever.
As chinelas Rider do Mr.Guavaman jamais morrerão.

(Marie continua chorando porque é fraca e besta)

Marie Tourvel disse...

Fernando, querido, vou tentar responder tudo... tudinho. Vamos lá:

1) Porque o povo e a pova acham que sempre virá um messias. Só não contei com o fato dos americanos acreditarem nisso também. Se aproveitaram de minha nobreza. :(

2) Pois é, esse MP3Tube é um horror. Mas ontem me falaram da hipótese de ter saído do ar por algum processo. Vamos espalhar isso na internet? Alguma coisa tem que acontecer, carambolas.

3) Esse divshare é bacana também, mas você tem que baixar as próprias músicas. Escolha a música que quer baixar e entre no divshare através de qualquer um que esteja postado por aqui. Se inscreva. Aí faça o upload. Se não entender algo, me manda um uma mensagem no mariemail (marietourvel@gmail.com). Explico tudinho, prometo. :)

4) O céu é azul porque a Marie precisa olhar pra ele e ainda se sentir viva, caso contrário, sucumbe.

5) Só ele pode responder o motivo. Eu só posso dizer que ele é uma pessoa especial. Tanto o Ruy quanto o Rogério.

6) O Garibaldo de hoje é um pirobo. O Garibaldo de ontem que era o graaaaande e saudoso Laerte Morrone era uma ave espada. Talvez não o Laerte, mas o Garibaldo era.

7) Respondo com uma outra pergunta: Por que você não está aqui?

(Marie ainda chorando)

Respondidas todas as perguntas faço um pedido a você, Fernando:
Vê se vem pra cá rápido. :))))
Gosto muito de você, querido.

Beijos!!!

Léo e só disse...

oi Marie

Pois é, acabou, assim, bruscamente, sem aviso.

Bem egoísta9 que mal tem ser de vez ou outra) a surpresa do Ruy mexeu mais comigo do que a certeza do Obama.

abs

Marie Tourvel disse...

Oi, Leo, querido. Confesso que sabia que mais cedo ou mais tarde ele iria acabar com aquele espaço. Estou chateada, mas ao mesmo tempo muito feliz por ele se assumir como Rogério. Ele é talentosíssimo e já passou da hora dele assinar colunas com seu verdadeiro nome. Desejo toda sorte do mundo pra ele. Ele merece, ele merece, ele merece... assim, como diriam as colegas de trabalho do Silvio Santos.

Beijos!

Sabesselá Quem disse...

Oi Marie,

Ao contrário desse oba-oba para o Obama fico com o benefício da dúvida. Não que eu seja incapaz de entender a esperança que ele mostra em suas palavras... A gente sabe que não será nenhuma "baba". Se fosse seria Obaba. (péssima!)rs...

Esse samba que você escolheu é daqueles que depois que se escuta ficam horas e horas martelando na minha cabeça. Isso me acontece muito.

E lá vem o Lula cheio de pedidos. Ele não sabe ver o que ultrapassa a sua estatura. Acho até que ele é incapaz de compreender isso.

Fiquei surpresa com o fim do Puragoiaba. Lia sempre e escutava as músicas. Então vou aplaudir tudo de interessante que ele nos presenteou e esperar que seja um breve retorno. Sete anos... pena que eu cheguei quase no final. Mas o que vi foi bom demais.

Marie, eu entendo suas lágrimas, uma homenagem ao seu rei. Eu sempre penso nisso... nessas despedidas com um suave aperto no coração e com lágrima também. Mas ele fez uma promessa, pelo menos foi como entendi. Mais ou menos assim:
Voooooouu voooooooltaaaarrr
Sei que aiiiiindaaa voooou vooooltar
Para o meu lugar
Fooooi láááá e é ainda láááá
Que eu hei de ouviiiiir caaaantaaar
Uma saaaaabiááááááá...


Beijos, Marie!!
:)

Marie Tourvel disse...

Vamos dar uma chance ao Messias, né? :)
A música é daquelas que pregam no ouvido mesmo. Feia paca.
O puragoiaba era muito bacana mesmo. Sei que ele volta e acho isso ótimo. Ele é uma pessoa muito especial e querida.
Muito obrigada pela mensagem, querida.

Um grande beijo.

Frodo Balseiro disse...

Marie, quanto ao Obama, já vimos essa conversa mole antes! A esperança vencendo o medo, é hora de mudança, "yes we can",tudo muito bonitinho, muito politicamente correto, mas de pouca substância. Sem falar que o cara vai pegar o país pior do que fim de feira!
Votar "contra tudo isso que está aí" pode ser legítimo, mas pouco produtivo em termos de resultado.
É esperar prá ver!
Bjs
Frodo
ET." No woman don't cry"

Frodo Balseiro disse...

ET. II
Marie se você tiver problemas com o Divshare, há um outro "tocador, muito bom, com bastante "skins"!
Enderêço:
http://www.myflashfetish.com/
bjs

Marie Tourvel disse...

Esse "pegar o país pior que fim de feira" é que me preocupa, Frodo. Quando o Clinton pegou aquele país era outra situação. Reagan havia deixado tudo bonitinho para os próximos e apesar do Bush pai ter feito um monte de coisa tosca, com o legado do Reagan dava ainda pra sobreviver mais três mandatos. Não condeno o Bush filho pelos motivos errados -a invasão do Iraque era necessária, errada foi a forma como ele fez. Um atabalhoado. Por isso talvez se dê tão bem com o Lula, não é? Vamos aguardar e ver o que o Obama vai fazer, né?
(Talvez a Marie chore, mas o alter-ego voltou nessa madrugada a ter os dois pés no chão e com um detalhe muito importante, tirou as duas mãos do chão. Arregaçou as mangas e resolveu colocar a bandana na cabeça feito um Rambo -de salto alto, claro.)
Obrigada pela dica, querido. Vou até lá no site para começar a usar.

Beijos!!!

Min disse...

Marie, amour

Eu uso às vezes o http://boomp3.com/
para postar músicas no blog. Bem bonzinho, mas às vezes dá uma de preguiçoso.

Tenho lido, você sabe, estou sempre por aqui. Leia o que escrevi sobre 'escolhas', as pontes e tal.

Tem gente que mete a mão na maçaneta e abre; põe a seta e entra. Vai. E há quem faça outras escolhas que nem sempre entendemos e nem sempre seriam as nossas.

Chora um pouquinho e depois seca. This shall pass, too, my dear. Remember? (E o que não passa, a gente faz feito a Francesca -- guarda até o fim da melhor maneira possível) Matar é muito fácil, Marie. Doer não é pra qualquer um.

Beijo enorme

Min

Marie Tourvel disse...

Min, querida, obrigada pela dica.
Vou agora mesmo ler seu texto. Sabe bem o quanto gosto de seu espaço.
Já parei de chorar. Resolvi voltar aos meus velhos tempos de descrença em tudo. Principalmente nos serezumanos, essa catchiguria de arquitetos. Eu nasci para ser engenheira, sabe, Min. Prática. Acabou o tempo de devaneios e digressões. Agora, confio em máquinas. Se quebrar, conserto. Se não tiver conserto jogo no lixo.

Obrigada pelas palavras e um grande beijo.

Min disse...

Entendo perfeitamente...

Eu, que comecei a me interessar por plantas, sacumé?
Pelas mesmíssimas razões.

Hang in there, querida.
Estamos por aqui.

Beijo grande

Marie Tourvel disse...

Sei que me entende, querida. :)
Eu adoro observar as plantas, mas tenho uma enorme preguiça de cuidar delas.
Sei que posso contar com você. ;)

Outro beijo.

ana v. disse...

Querida, o problema está nas pessoas que consideram Obama uma espécie de Deus. Não é, e a época em que estará no poder é terrível, com mil problemas para resolver.
Mas não é o próprio Obama que me alegra... é o facto de os americanos o terem eleito. A mudança está nas pessoas, não nele, e é isso que me dá alguma esperança. Chamem-me lírica, ok, mas prefiro acreditar em alguma coisa...

O que ele fará a seguir? O que puder, o que o deixarem, SE o deixarem.

beijo grande

Marie Tourvel disse...

Ana, querida, acho mesmo que o estão considerando Deus, ou Messias, ou sei lá o quê. E isso é muito complicado. O mais pitoresco das campanhas presidenciais dos EUA é que a declaração mais bélica não foi de McCain, mas do próprio Obama dizendo que invadiria o Paquistão para acabar com terroristas. O Paquistão que é um país aliado, né? Acho que a imprensa norte-americana escolheu um lado, o de Obama, não vejo o menor problema nisso, mas como disse o Diogo Mainardi, o maior problema é que simplesmente não falavam sobre as coisas que haviam de errado com Obama. Virou uma febre. Parecia eleição do Brasil onde tudo é uma verdadeira bananada de goiaba. Não sei se entende meu ponto de vista, mas penso da seguinte forma: ele foi eleito? então torço para que ele se dê bem.
Não acho que não o deixarão fazer. Ele fará o que for possível, tenho certeza. O momento é tenso na área econômica. Vamos ver no que dá, né?
Um grande beijo!