1/25/2009

E eu lá tenho cara de quem vota na Estela?

Não ia postar mais nada por hoje. Ia só ficar olhando a chuva pela minha janela, tal qual minha querida amiga Rose. Afinal, acabo de chegar em casa e peguei um chuvão em Pinheiros. Mas, acreditem, recebi um comentário lulopetista de um certo cidadão -não, não falarei o nome dele, não publicarei o comentário e tampouco transcreverei o comentário aqui no post. Só falarei do que se trata. O cidadão me envia um linque para um certo blogue que enaltece as obras do Dilmão e do Efelentífimo. O comentário tem a assinatura, também de uma velha conhecida comentarista de blogues petista roxa.
Meus caros -caros, o cacete. Seus cretinos, vocês já leram este meu blogue alguma vez? Acho que não, né? Eu não sou lulopetista, tenho raiva de quem seja e ODEIO a Estela, entenderam? Guerrilheiros, sequestradores e afins aqui não tem vez. Vocês têm todo o direito de ter um blogue com esse conteúdo, mas não venham sujar meu sofá e meu tapete por aqui, não. Vão acasalar em Caracas e não encham minha paciência. Estava tudo muito tranqüilo por aqui. Sem comentários anônimos ofensivos, sem cretinos que me xingam por serem incompetentes, enfim, sem encheção de saco. Portanto, babacas de plantão, NÃO quero mais a presença de tipos como vocês por aqui. Fui clara? Ou preciso desenhar?

12 comentários:

Luis Santos disse...

Strike 1!!
Beijos e Aloha!
p.s. Não só agree como também concordo!

Marie Tourvel disse...

Luís, meu querido, tudo bom por aí?
Sabia que concordaria comigo.
Fiquei nervosa. ;)

Beijos e Aloha!

Rose disse...

Calma, Marie, trouxe o removedor de manchas para o sofá, tá aqui. Não gasta tudo que pode precisar de novo.

Ah! Obrigada por fazer estrada para minha estância, lugar humilde, brejeiro.

Marie Tourvel disse...

Tenho certeza que precisarei de mais removedor de manchas. :)
Quanto ao seu espaço... Brejeiro, humilde e muito, mas muito bem escrito e lindo. Meus queridos comentaristas tem que conhecer. ;)

Um grande beijo!

Frodo Balseiro disse...

É isso aí Marie... é pau (ops!) na moçada! Stela e seu cofre roubado do Ademar de Barros, para as "lutas", não vai ser candidata não! Ela é boi (ou vaca) de piranha...
mil beijos

Marie Tourvel disse...

Cê vê, né, Frodo, querido? Eu tava sossegadinha por aqui só com meus queridos amigos e aí essa gente vem me provocar. :)))))
"Vaca de piranha". Gostei dessa. :))))

Beijos

Roger disse...

Marie, não subestimo seu traço de desenhista, mas acho que não eles não entenderiam mesmo se fosse o Will Eisner desenhando. Ungulados só aprendem mesmo na chibata. Quanto aos antolhos, já vêm de fábrica.

Marie Tourvel disse...

Putz, Roger, o pior é que eu desenho mal paca. :))))
E essa gente eu trato na chibata mesmo. Acredita que mandaram novamente o mesmo comentário no post acima? É gente que não sabe ler mesmo.
E tem mais, não tenho a menor dúvida de que a reforma horto-gráphica foi feita pra lulopetista.
Um beijo, querido.

vhs disse...

Oi Marie! Como vai? Estava eu folheando o seu blog, e não é que apareceu Haydn com sua música? Fiquei feliz ao ouvi-la, e senti que temos algo em comum, que é o gosto pela boa música! Sempre que puder, virei aqui visitá-la, e ouvir suas músicas! Abraço!

Vitor Hugo.

Marie Tourvel disse...

Olá, Vitor, querido, tudo bom por aí? Fazia tempo que não me fazia uma visita, não é? Ouvir Haydn é uma das coisas que me dá prazer. Bom que gostou. Apareça.

Beijo

Eduardo Araújo disse...

Olá, Marie. Conheci este seu blog graças a seus comentários no Minha Vereda (R. B. Canônico). ´

Parabéns pelo conteúdo muito bom.

E ainda tenho a boa surpresa de saber-lhe apreciadora da música de Haydn. Por acaso estou ouvindo as sinfonias desse autor e estudando algumas delas. Costuma-se elogiar certas ousadias de Mozart, como as modulações no desenvolvimento do finale da Sinfonia nº 40 ou a fuga concluindo a nº 41, mas impressiona a capacidade inventiva da música sinfônica de Haydn.

Beijo

Marie Tourvel disse...

É "o bom"? O marido da Silvinha por aqui? O Goiabão? :)))) Brincadeirinha, é que não resisti. Se ler um pouco os arquivos deste blogue verá que gosto de Haydn, mas às vezes sou puro trash. :)
Querido, temos a mesma opinião sobre Haydn. Mozart era fabuloso, claro, mas Haydn, para mim, era "o bom". :)
Apareça mais vezes por aqui, Eduardo. Adorei a visita e seu gosto musical. ;)

Beijos