2/26/2009

Anyway...

Eu tenho um amontoado de idéias nesta minha cabecinha oca -todas sem a menor criatchividade, óbvio. Mas ando sem tempo de escrever um texto decente -se é que algum dia escrevi algum por aqui. Deixo vocês com esse The Quem para reflexão:



(Convenhamos, é falta de noção total pedir reflexão ouvindo The Who. Foi só uma brincadeira, pessoas)

Se houver amanhã... posso voltar mais tarde, Who knows?

4 comentários:

RAA disse...

Vi-os pela primeira vez aqui em Lisboa, no ano passado (Pete e Roger, com o filho do Ringo na bateria...)

Marie Tourvel disse...

Um privilégio tê-los visto, Ricardo, querido. Eu fiquei só na vontade... ;)

Beijos!

QuincasB disse...

lembro q gostava mais da gravação do david bowie, memória sempre trai a gente - bonjour, marie

Marie Tourvel disse...

A gravação do Bowie é bacana, sim. Fui procurar, pois, confesso, não lembrava, Quincas, querido. É que essa batera do Keith Moon é algo de, como direi? delicioso? Sim, acho que essa é a palavra: delicioso.
E memória sempre trai a gente, você tem toda razão.

Bisous et bonjour