2/11/2009

Do It Again

Voltar a fazer as mesmas coisas de antes, para mim, não é problema. Voltar a bater lata, tampouco. Reencontrar pessoas que necessariamente não gosto, só tolero, também não faz diferença. Só uma coisa me entristece. Neste meu período desempregada, andava, na maioria das vezes, de Havaianas e por incrível que pareça, estava me acostumando -tá certo que minhas havaianas têm saltos e aplicações de swarovski, afinal, até meu momento chinela-cafona-de-dedo tem que ter brilho igualmente cafona. E agora volto a andar com aqueles saltos imensos e agüentando as mesmas piadinhas de meus velhos conhecidos. Assim: quando fico brava tenho um costume de sair batendo o pé, pisando firme -coisa de gente mimada. Meus sapatos, sandálias, fazem barulho (toc,toc,toc). Aí os velhos conhecidos engraçadinhos falam que quando eu compro meus sapatos, faço test drive na sapataria pra ver qual faz mais barulho. Sim, a partir de hoje terei de ouvir isso e mais algumas piadas infames, sem-graça, estúpidas. Mas é meu trabalho. Meu velho novo trabalho. Do It Again...



__________________________________________________________________

Hoje é aniversário de minha amiga Ana Vidal. Desejo toda felicidade à minha querida amiga. Sei que é um presente de grego, mas o que posso ofertar-lhe por ora é minha voz de rinite alérgica, fazendo a leitura de um poema maravilhoso de sua autoria chamado "Um Nunca Mais De Nós":



Um beijo, amiga querida.

11 comentários:

ana v. disse...

Querida, que boa surpresa!!
Fiquei comovida... snif, snif.

És um anjo, mesmo quando fazes barulho com os sapatos.
Beijão!

ana v. disse...

A escolha desse poema não foi por acaso... acertei? Fixa bem a ironia da última frase, querida, porque é uma grande verdade.

Mais um beijo

Marie Tourvel disse...

Ana, querida, você merece muito mais.

Não, a escolha do poema não foi por acaso mesmo. ;)

Beijos

Pitucha disse...

Parabéns às duas: à Ana pelo aniversário, à Marie pela prenda linda.
Beijos

Marie Tourvel disse...

Pitucha, querida, obrigada pela visita. Nossa Ana merece todas as reverências.

Beijos

Júlia Moura Lopes disse...

Lindo! um beijo a ambas!

Marie Tourvel disse...

Júlia, querida, que saudades! Tudo bem por aí?
Um beijo grande pra você.

Fernando Sampaio disse...

É Marie, são as maravilhas do mundo corporativo.
Eu quando chego em casa assisto The Office ou leio Dilbert e me conformo...
Beijo

Marie Tourvel disse...

Fernando, querido, tem toda razão. Eu, por exemplo, chego em casa leio uma poesia, ouço uma música e termino a noite assitindo a um episódio de Seinfeld. Acabo me conformando, também. ;)

Beijos!

Raquel disse...

Madame Tourvel, que ótima notícia. Você está (em termos) no post de hoje, lá em casa. beijocas!

Marie Tourvel disse...

Êba! A Raquel veio tomar uma taça de vinho por aqui. Boa a notícia, né? :)

Vou agora no Jane Austen em português verificar o "em termos". ;)

Beijos, querida.