2/03/2009

I got friends

Sei que voltei a escrever por aqui depois de dois meses ausente. Sei que já ensaiei fechar o blogue por duas vezes. Não cumpri. Coisa feia. É o que pensam muitos leitores amigos ou não. Poderia dizer que voltei só porque não consegui me desvencilhar, nem do "Letras" -ou das "Letras", nem do nome Marie Tourvel -acho que fui feliz ao escolher este nome. Isto pesou, também. Mas a verdade é que existem razões muito mais fortes. Uma delas são os amigos que fiz por aqui. Já disse num post antigo que jamais escrevia para ter um milhão de amigos feito o Rei. Queria fazer poucas amizades, porém de qualidade. O fato é que fiz muitos amigos com qualidade. Pessoas que me visitam e até em textos muito pobres que escrevo têm sempre uma palavra de carinho, sempre um olhar generoso. Até os desafetos que fiz -poucos, me ensinaram muita coisa. Alguns desafetos jamais serão esquecidos. Lembrarei sempre com carinho, pois aprendi muito com eles. E quero que saibam que continuo gostando deles de todo modo. Não, não sou a madre Tereza, não. É que sei de meus erros e de meus acertos. Muitas vezes acertei e muitas vezes errei. Se a gente não sabe colocar na balança isso, não consegue viver direito. Sou infantil e mimada, mas consegui amadurecer um pouco. Então, diante destes fatos resolvi ligar o "dane-se" -fica feio publicar o palavrão. Os verdadeiros amigos, aqueles que elogiam, criticam, falam o que pensam, estão por aqui a me visitar, a comentar, a encaminhar e-mails e me fazendo sorrir. Sei que às vezes publico posts meio tristes, mas mesmo com eles, aprendo.

Todo esse yada, yada, yada que escrevi é para dizer que uma de minhas queridas amigas que fiz através do blogue, Ana Vidal -poetisa e escritora portuguesa, convidou-me a escrever em seu fabuloso blogue "Porta do Vento" às terças-feiras. Ela disse ter se divertido com meus Pocket Classics -quem conhece este blogue sabe do que se trata. Muita gente me pede para eu continuar a série. Estava pensando em retornar com a série quando a Ana me pediu que eu a escrevesse lá no "Portas". Fiquei tão honrada com o convite que meu sorriso aí ao lado conseguiu ficar um pouco mais bizarro do que já é. E o primeiro já está por lá. Ela ainda fez um post de apresentação generosíssimo. Coisa de amiga. Coisa de irmã. Vale lembrar que quem me apresentou à Ana, foi minha querida Megleen, por quem tenho um carinho enorme. Megleen, querida, muito obrigada. Eu adoro você. Através da Ana acabei conhecendo a Júlia e o Paulo, dois amigos queridos. E, naturalmente, os queridos leitores e comentaristas de seus blogues.´

Outro fato que me deixou muito feliz foi ter sido indicada pelo meu lindo Johnny da Babilônia ao prêmio Dardos. Aliás, Lelê Carabina do ótimo "Horas Extremas" também o fez. Júlia já havia me indicado, também. Fico tão feliz e ao mesmo tempo envergonhada, pois todos estes blogues que me indicaram e os que coloco aí ao lado como "queridinhos da Marie" são simplesmente maravilhosos. Sei que sou repetitiva, mas, na boa? I´m not worthy.

Continuarei a postar por aqui. Se quiserem falar, que falem, se quiserem fazer careta, que façam. Esta sou eu e acho que os amigos verdadeiros me entendem. Mando duas musiquinhas pra vocês de presente. Não poderia faltar música, né? ;)

Ella e Coltrane.





Beijos a todos.

22 comentários:

Fernando Sampaio disse...

É isso aí Marie, também virei seu amigo e fã virtual e não quero que você pare nunca de escrever.
Como eu disse a primeira vez que aportei por aqui, adoro tudo nesse blog, do nome aos textos e poesias e obviamente a sempre maravilhosa trilha sonora...
Bisous

Marie Tourvel disse...

Fê, você é um querido, um amor mesmo. Uma das amizades lindas que eu fiz por aqui. E adoro seu blogue, sabe disso.
Muitos beijos da Marie.

Min disse...

You are not WHAT? Worthy????

Fala sério, Marie!

Falo por mim, mas sei que tem eco por aí: você vale cada pedacinho do que conquistou nas pessoas.

E o "Letras" é tudibão.

E parabéns por essa conquista, o espaço no "Portas". Vou conferir e já sei que vai se tornar 'leitura obrigatória' como o Letras (que voltou á ativa em grande estilo).

Tô com o lado B (outro) ativo. Um não-eu, ou quase-eu, ou tomara-que-um-dia-seja-eu, algo assim.

Beijos, saudades!

Min

QuincasB disse...

jeanne, jules e jim: é pódio - bon soir, marie

Marie Tourvel disse...

Madame Min, minha querida amiga, quanta saudade. Sei que você gosta daqui e eu adoro o seu espaço, também. E o "Portas" vale a pena, viu.

Eu vivo num lado B, amiga. ;)

Beijos!

Marie Tourvel disse...

Quincas, quanta saudade. Gostou do filminho? Tasquei o Coltrane pensando em você. ;)
Bon soir et bisous.

Pitucha disse...

Cheguei aqui através da Porta do Vento.
Adorei e vou voltar.
Beijos

Marie Tourvel disse...

Pitucha, querida, é um prazer receber uma comentarista vinda do Porta do Vento. Já dei uma olhada em seu blogue e ele é muito elegante. Adorei. Vou lincar por aqui. ;)
Volte sempre.

Um grande beijo.

Rose disse...

Ê Ê, Marie!

Marie Tourvel disse...

Responsa, né, Rose? Mas como diria o Maxwell Smart: "E vou adorar..." ;)

Beijos, querida.

Teresa disse...

Pois eu vim justamente do Porta do Vento, já disposta a procurar mais Pocket Classics e o mais que houver :)

Um beijo.

Marie Tourvel disse...

Pois, Teresa, querida, acomode-se, fique a vontade. Leitores da Ana são meus amigos também. Vou dar uma passeada no seu blogue, também.

Beijos e volte sempre.

Júlia Moura Lopes disse...

Querida Marie, só não gosta de si quem não entende de gente. Já reli o seu texto lá no Porta, não comentei porque estou com uma inflamação muscular e é-me penoso teclar.
Quanto às pausas, quem sou eu para criticar? :-)
O nick é a sua cara também!
ah! E não seja modesta, porque a Ana costuma ser imparcial nos gostos e escolhas. Parabéns, querida, você merece e nós que a lemos também.
bem querer

Marie Tourvel disse...

Júlia, minha querida amiga, saudades de você e do "Privilégio". Puxa, espero que esteja melhorando. Enviarei um e-mail pra você. :)
Eu fiquei realmente feliz com o convite da Ana. Acho que as pessoas não nos entendem mesmo, não é? Paramos, continuamos e assim vamos levando nossa vida. E entendendo de gente, né? ;)
Obrigada pelos elogios. Você é uma amiga especial.

Beijos e bem querer

ana v. disse...

Nada disso, Marie querida. Eu não disse na minha apresentação nem metade do que acho que tu vales.
É um prazer enorme ter-te lá no Porta do Vento, com os teus magníficos e fosfóricos pocket classics. Uma mais-valia que nem sequer discuto! (como diz a Júlia, costumo ser muito imparcial).

Beijo grande e... inspira-te!

Marie Tourvel disse...

Ana, queridinha da Marie, você é especial. Uma amiga maravilhosa.
Já estou preparando o "material" inédito. Em breve envio pra você.
Um grande beijo.

Lilian disse...

Querida... Congratulações!!!!!
Adorei a novidade!!!!!
Que então o teu Sol possa brilhar com mais intensidade, afinal merecemos!!!!
Um beijo enorme...
SUCESSO

Jana disse...

Linda. Vc merece todas essas coisas boas e muitas mais. Um beijo grande.

Marie Tourvel disse...

Lili, querida, o sol pode se abrir com maior intensidade hoje. Aguardo ansiosamente que isto aconteça. Acho que estou acreditando... Vamos ver. Adoro suas visitas. :)

Beijos

Marie Tourvel disse...

Jana, minha amiga querida, você sabe quanto carinho tenho por você. Se mereço, não sei, mas o que me deixa feliz é poder compartilhar um momento tão bacana com você, uma pessoa tão especial. :)

Um grande beijo

Johnny na Babilônia disse...

Mais do que merecido!

Beijão!

Marie Tourvel disse...

Obrigada, querido. Você é um amor.

Beijos.