3/29/2009

Sunday Morning

Essa é uma das músicas que mais gosto do Zeppelin: What Is And What Should Never Be. Repare na letra, no ritmo. É viajante, uma verdadeira delícia:

"Oh the wind wont blow and we really shouldn't go and it only goes to show. Catch the wind, we're gonna see it spin, we're gonna...sail, little girl do do do, bop bop a do-oh, my my my my my my yeah. Everybody I know seems to know me wellbut they're never gonna know that I move like hell."



Agora, me diz, não dei um presentão para um domingo modorrento?

(Ouça SEM moderação)

Adendo: Este post do altovolta ficou bom demais.

10 comentários:

QuincasB disse...

era o led zeppelin II, q o led zeppelin era assim: vinha sempre em números (depois do IV deixei de saber), exatamente feito essa aí vinha depois da 1, whole lotta love, sempre igual feito toda adolescência

Marie Tourvel disse...

Era mesmo, Quincas, querido. E já postei uma vez por aqui Whole Lotta Love e disse que provavelmente é a música que mais gosto do Zeppelin. Tem muito de Coltrane, né? ;) Às vezes acho que já nasci velha, mas muitas vezes adoro voltar à aborrescência. :)

(Cadê meu bonjour? :))))) )

Bisous et bonjour

RAA disse...

É um grande presente para domingo, Marie :|
abraço

Marie Tourvel disse...

Fico feliz que tenha gostado, Ricardo, querido. ;)

Um grande beijo

david disse...

Obrigado, Marie!

Marie Tourvel disse...

Por nada, David, querido. Gostei de verdade do seu post. Gosto muito do seu blogue.
E a casa é sua, fique a vontade. ;)

Um beijo.

Shi disse...

Marie, thank you (é uma do led que eu até que gosto ;-)
Bjo, querida, boa semana

Marie Tourvel disse...

É boa essa mesmo, né, ShicaMaria?

Um ótimo fim de semana para você, querida e um grande beijo.

Rover disse...

Led Zeppelin? Que delícia, querida. Sem moderação mesmo, eles são (sim, SÃO!) sensacionais. Tá tudo muito corrido, por isso o seletinha tá largado. Beijo grande - a despeito dos meus modos, não suma!

Marie Tourvel disse...

Rover? The Rover? Meu amigo? Quanta saudade de você, querido. Eu não sumirei, não. Mas vê se não some, também, tá? Sinto falta de você. ;) (E do Seleta, também)

Beijos!