4/12/2009

Sunday Morning

Acordei agora. E tomando os lactobacilos probióticos do Dr. Shirota ofereço uma música pra vocês que recebi de presente de uma pessoa especial. O presente veio na hora certa. Infinitamente melhor que chocolate:



Se bobear, o Jacob canta melhor que o pai. Gosto do menino.

Bom domingo de Páscoa aos cristãos de boa vontade. E boa Pesach aos judeus de boa vontade.

6 comentários:

AC disse...

Boa Páscoa!
O que achou de Gran Torino? Quero escrever um texto defendend a tese de que os EUA não são uma nação no sentido "europeu" do termo, isto é, uma nação "racial" ou mesmo "cultural", mas uma nação "contratual": vc chega lá, adere àquela constituição simples, toda ela construída para defender o indivíduo do Estado, e "torna-se" americano - sem nunca abandonar inteiramente suas raízes, isso o mais interessante talvez. Ou seja "o americano" não existe, o que existe é "A América". Isso, que está na essência da criação dos EUA se consolidou nos anos 60, com as ações afirmativas pró-negros, que acabaram se tornando a todas as etnias do mundo que hj afluem para lá numa diversidade inconcebível para um brasileiro comum, mais do que nunca atormentado pelos fantasmas da raça, da identidade cultural e outras baboseiras comuno-fascistas.
Não sei se alguém já defendeu idéia semelhante sobre a America, mas o filme me "inspirou" isso. O q vc acha?

Marie Tourvel disse...

Antonio, querido, assisti a Gran Torino e gostei muito. É verdade o que diz, chega-se lá e se cumpre a constituição. Pronto. Baboseira mesmo esse negócio de raça. Eu diria que é coisa de petista frustrado isso de cultura de raiz, identidade cultural. Também nunca havia lido uma defesa dessas. Taí, gostei. Aliás, difícil discordar de você, né? ;) Belo ensaio. E tudo aqui nas minhas "Letras". Uma honra.

Seria interessante um post seu no Café Impresso, né não? :)

Beijos!

Mike disse...

Marie, não sei o que você nada tomando do DR. Janota, mas gostei desse presente de uma pessoa especial. :)

Marie Tourvel disse...

HAHAHAHAHAHAHAHA

É Yakult, Mike. Não conhece? Quando vier ao Brasil lhe apresento. São lactobacilos vivos que, dizem, faz bem pra saúde. Pelo sim, pelo, não, às vezes resolvo beber. :)

Que bom que gostou do presente. A música é linda, não é? ;)

Beijos!

RAA disse...

Estava a agradecer-lhe a música e a desejar-lhe Páscoa feliz quando o computador caiu. Ainda bem, porque não tinha topado no nome. Dylan, Jacob, certo?

Marie Tourvel disse...

Querido, então lhe desejo uma excelente semana. ;)

É o Dylan, sim...

Beijos!